Chegada

Juliana já está em Santiago de Compostela.

:: Postado por Juliana às 10h15
::
:: Enviar esta mensagem

Solar

Solar
(Milton nascimento – Fernando Brant)


Venho do Sol
A vida inteira no Sol
Sou filha da terra do Sol
Hoje escuro
O meu futuro é luz e calor
De um novo mundo eu sou
E o mundo novo será mais claro
Mas é no velho que procuro
O jeito mais sábio de usar
A força que o Sol me dá
Canto
O que eu quero viver é o Sol
Somos crianças ao Sol
A aprender a viver e a sonhar
E o sonho é belo
Pois tudo ainda faremos
Nada está no lugar
Tudo está por pensar
Tudo está por criar


Saí de casa para ver outro mundo, conheci
Fiz mil amigos na cidade de lá
Amigo é o melhor lugar
Mas me lembrei de nosso inverno azul
Eu quero é viver o Sol
É triste ter pouco Sol
É triste não ter o azul todo dia
A nos alegrar
Nossa energia solar
Irá nos iluminar o caminho.

 

:: Postado por Juliana às 01h16
::
:: Enviar esta mensagem

A perspectiva de Velasques

Quem observa quem? O que é espelho? O que é contemplação?

(Foto de Juliana de Godoy)

Um instante mágico, fugídio no tempo, perpetuando-se em luz e sombra.

Um instante quase cômico, a repetir-se em cada fim do dia do Peregrino!

 

 

:: Postado por Juliana às 21h36
::
:: Enviar esta mensagem

Simpatia (1)

:: Postado por Juliana às 21h27
::
:: Enviar esta mensagem

Simpatia (2)

(Foto de Juliana de Godoy)

 

:: Postado por Juliana às 21h19
::
:: Enviar esta mensagem

Entre o céu e a terra (1)

(Foto de Juliana de Godoy)

:: Postado por Juliana às 21h09
::
:: Enviar esta mensagem

Entre o céu e a terra (2)

"Lentamente no tempo e no espaço, cada espécie trabalha para desenvolver mais e melhores instrumentos que cumpram os seus objectivos. Quiçá, pernas longas e ágeis para correr e alcançar as presas; intrincados mecanismos de engenharia para capacitar a voar; olhos sagazes e perscrutadores para ver a longa distância; complicados mecanismos de hibernação que lhes permitem sobreviver ao frio e ao jejum prolongados dos invernos... Como o faz? Sonhando. Sonhando, o impossível acontece: o longe se faz perto, o fraco se faz forte, o feio torna-se belo, o mudo canta, o cego vê até na mais funda escuridão, o preso-na-terra ganha asas e conquista os céus!... "

De Isabel Nunes Governo

 

 

(Foto de Juliana de Godoy)

:: Postado por Juliana às 21h07
::
:: Enviar esta mensagem

Água

O homem tem sede.

(...)

À sede física Deus acrescentou em cada um de nós uma outra sede: da água viva, de Deus. E aqui reside o drama da existência humana: cada um cava o poço onde pensa encontrar água para essa sede: a religião, a ideologia, o dinheiro, o poder. Quanto mais fundo cava, mais sede sente.

O mistério da sede de água viva tem dois sujeitos e dois objetos: Deus tem sede de nós e nos procura e nós temos sede de Deus e o procuramos, mesmo buscando-o onde não se encontra.

(...)

 

(Foto de Juliana de Godoy)

 

Criados à imagem e semelhança de Deus, somente nele nossa alma encontrará alívio para sua sede; alívio, porque o dessedentar completo será no encontro final e eterno.

 

Fonte: Fonte da Água Viva, Pe. José Artulino  Besen

:: Postado por Juliana às 20h49
::
:: Enviar esta mensagem

"Sellos"

Juliana já se encontra em Leon.

Ao longo da Peregrinação, os corajosos peregrinos pernoitam em albergues; em vários albergues podem apresentar sua Credencial do Peregrino, onde são carimbados os "sellos", ou seja, um comprovante de que atingiram mais uma etapa da Caminhada, pelo roteiro escolhido.

Em Leon, Juliana esteve na Catedral Santa Maria Regla.

Fonte: "Sellos" do Caminho de Santiago"

Para mais informações sobre os "sellos", clique em:

"Sellos" do Caminho de Santiago

Para mais informações sobre "Credenciais do Peregrino" clique em:

Para mais informações sobre os "sellos", clique em:http://www.caminhodesantiago.com/sellos1.html

Deixe seus comentários aqui!

 

 

:: Postado por Juliana às 19h59
::
:: Enviar esta mensagem

No muro

 

Foto de Juliana de Godoy 

:: Postado por Juliana às 01h14
::
:: Enviar esta mensagem

Polvo, barro, sol y lluvia

Polvo, barro, sol y lluvia
Anónimo / ¿Eugenio Garibay?

Polvo, barro, sol y lluvia
es Camino de Santiago.
Millares de peregrinos
y mas de un millar de años.
Peregrino, Quién te llama?
Qué fuerza oculta te atrae?
Ni el Campo de las Estrelas
ni la grandes catedrales
No es la bravura navarra
ni el vino de los riojanos
ni los mariscos gallegos
ni los campos castellanos.
Peregrino, Quién te llama?
Qué fuerza oculta te atrae?
Ni las gentes del camino
ni las costumbres rurales.
No es la historia y la cultura
ni el gallo de La Calzada
ni el palacio de Gaudi
ni el Castillo Ponferrada.
Todo lo veo al pasar
y es un gozo verlo todo
mas la voz que a mi me llama
la siento mucho más hondo.
La fuerza que a mi me empuja
a fuerza que a mi me atrae
no se explicarla ni yo.
Sólo el de Arriba lo sabe!

(Fonte: http://www.jacobeo.net)

Foto de Juliana de Godoy

 

 

:: Postado por Juliana às 01h11
::
:: Enviar esta mensagem

Etapa 7

 

Foto de Juliana de Godoy

A etapa 7 é constituída de alguns desafios: aclives, declives, barro, pedregulhos. Choveu, mas por todo o Caminho a sinalização amarela referencia o rumo seguro.

Na página  Etapa 7 del Camiño Frances (http://caminodesantiago.consumer.es/etapa-de-los-arcos-a-logrono) é possível ter uma idéia do trecho percorrido, através de mapas e cortes topográficos.

 

:: Postado por Juliana às 01h08
::
:: Enviar esta mensagem

Etapa 7 (1)

Los Arcos

Foto de Juliana de Godoy

:: Postado por Juliana às 00h59
::
:: Enviar esta mensagem

Etapa 7 (2)

No caminho

Fotos de Juliana de Godoy

:: Postado por Juliana às 00h57
::
:: Enviar esta mensagem

Etapa 7(3)

Em Navarra:

Foto de Juliana de Godoy

 

:: Postado por Juliana às 00h53
::
:: Enviar esta mensagem

Links

:: UOL - O melhor conteúdo
:: BOL - E-mail grátis

Votação

Dê uma nota para meu blog

..:: INDIQUE ESSE BLOG ::..

03/09/2006 a 09/09/2006

27/08/2006 a 02/09/2006

13/08/2006 a 19/08/2006

06/08/2006 a 12/08/2006

Visitas

Créditos

Layout por

..:: Carmem Design ::..
Todos os direitos reservados ©

..::     Carmem Design  ::..